Lapa-Vila Leopoldina
School of Rock

CONHEÇA A School of Rock

Lapa-Vila Leopoldina

Aulas particulares e em grupo de Baixo, Guitarra, Violão, Bateria, Canto, Teclado ou Piano.
Agende sua Aula Experimental Gratuita.   WhatsApp

Baixo

PRINCIPAIS DICAS QUE VÃO TE AJUDAR A COMPRAR O SEU PRIMEIRO BAIXO

Então você está procurando por um baixo. Parabéns! Baixos são super legais de tocar e são um ótimo instrumento para iniciantes. Quando se trata de procurar por um baixo, há várias opções de modelos bons e básicos para iniciantes que não esvaziarão a sua carteira.

Desde escolher os diferentes tipos e estilos até descobrir qual tamanho comprar, esse guia prático para comprar o seu primeiro baixo vai fazer você arrasar em um piscar de olhos!

COMO COMPRAR UM BAIXO PARA INICIANTES

A internet é uma ótima ferramenta para pesquisar tipos diferentes de baixos, mas não há um substituto para a sensação de colocar as mãos no baixo que combina melhor com você. Os baixos vêm em uma grande variedade de formas e tamanhos, e experimentá-los pessoalmente é uma boa ideia para ter uma noção de como cada um toca. Ter um tempo para ir a algumas lojas permite que você determine como cada baixo se adequa a você.

Ao explorar suas opções, é útil fazer uma lista dos seus baixistas favoritos e pensar sobre quais estilos de música você quer tocar. Isso vai ajudar o vendedor a te oferecer sugestões de modelos específicos que vão te dar o som que você está procurando. 

O QUE PROCURAR AO COMPRAR UM BAIXO

 Ao procurar pelo seu primeiro baixo, há muitas coisas a serem consideradas. Você quer um baixo sólido e bem construído que te inspire a tocar. Aqui estão algumas coisas que você deve procurar:

• Qual o tamanho? A escala ou o comprimento da corda vão determinar o tamanho do baixo. Baixos vêm em escalas longas e curtas; é importante que o tamanho do baixo seja proporcional ao tamanho do baixista. 

• O baixo permanece afinado? Problemas de afinação são raros com baixos, em comparação com guitarras; as cordas maiores tendem a ser mais estáveis. Ainda assim, é uma boa ideia tocar um pouco e verificar a afinação do baixo para ver se está estável. Estar afinado faz com que o aprendizado seja mais fácil e mais divertido. 

• Como está a tensão? A tensão se refere à altura das cordas em relação ao braço do baixo. A tensão alta torna o play mais difícil. Se a tensão for muito baixa, as cordas farão um zumbido desagradável. Geralmente, você quer que a tensão seja alta o suficiente para que as cordas soem verdadeiras e você possa pressioná-las com facilidade.

• Os componentes eletrônicos estão em boas condições? Para baixos elétricos, certifique-se de testá-los com um amplificador e de que os controles de volume e timbres funcionem para ajustar o som. Ouça com atenção qualquer som de crepitação, já que isso pode indicar algum defeito ou alguma fiação interna solta nos componentes eletrônicos.

• Os trastes estão nivelados? Verifique se os trastes estão nivelados e se as notas soam bem em todas as cordas e por toda a extensão do braço do baixo. Trastes desiguais podem causar notas ruins em diferentes partes do braço. Passe a mão para cima e para baixo no braço; os trastes devem estar iguais e macios. 

• Qual é a espessura do braço? Ao analisar os baixos, confira a espessura do braço. Alguns baixos têm braços mais largos do que outros e um músico iniciante pode se beneficiar com um braço mais estreito, que é um pouco menos difícil de percorrer.

DIFERENTES TIPOS DE BAIXOS

Existem vários tipos diferentes de baixos. As duas categorias principais são o elétrico e o acústico. Baixos elétricos podem ser divididos em baixos de corpo inteiriço ou baixos semi-acústicos.

COMO ESCOLHER UM BAIXO ELÉTRICO

O baixo moderno elétrico de corpo inteiriço foi inventado no começo dos anos 50, por Leo Fender. Ele rapidamente se tornou o padrão para as bandas de country e rock and roll e o seu papel se expandiu ainda mais com o surgimento de gêneros musicais como o soul, funk e hard rock. O baixo elétrico de Fender era mais fácil de tocar que o baixo tradicional vertical e sem trastes - e muito mais fácil de transportar também. Baixos elétricos também produziam um estrondo grave mais substancial, que enchia a sala.

Se você quer tocar rock and roll, baixos elétricos são a melhor escolha para iniciantes.

VANTAGENS DO BAIXO ELÉTRICO

DESVANTAGENS DO BAIXO ELÉTRICO

COMO ESCOLHER UM BAIXO ACÚSTICO

Os baixos acústicos (não os confunda com os baixos verticais) têm o mesmo formato e são parecidos com os violões. Eles são ocos e têm um furo sadio na parte superior. Embora sejam raramente usados ​​em canções de rock e pop, são mais comuns em gêneros como folk e música étnica. Eles têm um som mais suave do que o baixo elétrico.

VANTAGENS DO BAIXO ACÚSTICO

DESVANTAGENS DO BAIXO ACÚSTICO

BAIXOS SEM TRASTES E VERTICAIS

Há dois tipos de baixos que não devem ser levados em conta para iniciantes. Baixos elétricos sem trastes, que não têm os trastes de metal que entoam no braço, e são muito difíceis de aprender a tocar porque exigem que o músico tenha um ouvido refinado. Os baixos verticais, um tipo de baixo acústico sem trastes que normalmente é usado no jazz e na música bluegrass, e que também são difíceis de aprender por conta do seu tamanho. 

VOCÊ DEVE TOCAR UM BAIXO DE 4, 5 OU 6 CORDAS?

Os baixos elétricos padrão têm quatro cordas, mas existem muitos modelos disponíveis com cinco ou até seis cordas. Embora as cordas adicionais acrescentem uma gama maior de notas, os baixistas inexperientes provavelmente vão querer começar com um baixo de quatro cordas, que é mais fácil de aprender e é, de longe, o tipo mais comum de baixo usado no rock e pop.

Os fãs do heavy metal moderno podem optar por comprar um baixo de cinco cordas como o seu primeiro, uma vez que a gama mais baixa de notas disponíveis na quinta corda é comumente usada nesse gênero. Músicos experientes, principalmente de jazz, podem preferir baixos de seis cordas, mas a largura do braço faz com que seja difícil tocá-los até mesmo para os adultos iniciantes, quanto mais para os mais jovens.

COMO ESCOLHER O TAMANHO CORRETO DE BAIXO

Escolher o melhor tamanho de baixo é uma questão importante para qualquer iniciante. Baixos em escala real são instrumentos grandes e os baixistas menores podem querer avaliar um modelo de escala curta. Para os baixistas mais jovens, muitos fabricantes oferecem até tamanhos para alunos menores. Para testar o tamanho, sente-se ou fique de pé com o baixo na posição de tocar. Sua mão esquerda deve alcançar confortavelmente o primeiro traste, com o seu cotovelo levemente dobrado e relaxado.

COMPRAR UM BAIXO NOVO X BAIXO USADO

Ao escolher um baixo, é importante pesar os prós e os contras entre instrumentos novos e usados.

VANTAGENS DE COMPRAR UM BAIXO NOVO

VANTAGENS DE COMPRAR UM BAIXO USADO

AS MELHORES MARCAS DE BAIXO PARA INICIANTES

Agora, mais do que nunca, existem ótimos baixos disponíveis com recursos profissionais para um orçamento de iniciante.

QUAIS SÃO AS MARCAS DE BAIXO ACESSÍVEIS?

A marca Squier (fabricada pela Fender, uma empresa conhecida por ter alguns dos melhores baixos do mercado) tem vários modelos incríveis que irão satisfazer as necessidades de quase qualquer baixista iniciante. Eles têm várias versões dos baixos  populares Fender Precision Bass e Jazz Bass, bem como um Bronco Bass de escala curta. Da mesma forma, a Epiphone faz grandes versões acessíveis de seus modelos clássicos da Gibson, como o EB-3 e o Thunderbird.

Há outros fabricantes competindo na mesma faixa de preço, como Ibanez e Yamaha, que estão fazendo instrumentos de qualidade comparável. A Gretsch também oferece uma linha de pequena escala que é muito acessível.

QUAIS SÃO AS MARCAS DE BAIXO MAIS CARAS?

Se você subir na escala de custos, há opções suficientes para te fazer perder a cabeça. Existem baixos Fender Jazz e Precision acessíveis, modelos populares da Gibson nos estilos SG e Les Paul e instrumentos sofisticados feitos por muitas outras marcas que são muito legais. Algumas marcas menos conhecidas, como Rickenbacker, Lakland e Warwick, oferecem baixos com visuais e sons únicos. Todas essas marcas de baixos têm boa reputação por fazer instrumentos de qualidade - a coisa mais importante é se o baixo inspira o aluno.

VOCÊ DEVE COMPRAR UM BAIXO SEM MARCA?

Começar com um bom instrumento também fará com que o aprendizado seja muito mais fácil. É melhor pular as opções sem marca e optar por fabricantes confiáveis. Geralmente, também é uma boa ideia começar com uma pequena atualização dos pacotes de baixo, já que a maioria dos alunos vai querer fazer uma melhoria rápida depois de alguns meses. Ao comprar um baixo melhor, você não apenas economizará dinheiro a longo prazo, mas também ficará mais feliz e mais inspirado para praticar. Tocar uma marca reconhecida faz com que o iniciante se sinta um profissional e inspira confiança.

COMEÇANDO COM OS ACESSÓRIOS PARA BAIXO

Para começar, você vai precisar dos seguintes acessórios para baixo:

O QUE ACONTECE DEPOIS?

Esperamos que com este guia, a compra do seu primeiro baixo seja uma experiência fácil, empolgante e acessível. Certifique-se de experimentar vários modelos para encontrar aquele que melhor se adapta ao seu tamanho, toca bem e tem o som e o estilo que você gosta. E não há lugar melhor para começar a aprender a tocar o seu baixo do que na School of Rock.

Nós somos especialistas em ensinar iniciantes a tocar baixo e a fazê-los tocar com outras pessoas quase imediatamente. Nossa equipe de músicos profissionais não só vai te ensinar a tocar, como também vai te ajudar a escolher o primeiro instrumento que o iniciará em sua jornada musical.

CONFIRA OUTROS ARTIGOS DA SCHOOL OF ROCK